top of page

Rotina Matinal

Bom dia, luz do dia!


Quem me segue no instagram já está cansada de ver essa frase (aproveita e me segue lá em @aiohanabernardes e @pleena.plan, o primeiro é meu insta pessoal e o segundo é o da loja). Vamos falar sobre rotina matinal? Inclusive, estou escrevendo esse post 7h30 da manhã durante a minha rotina da manhã.

Logo antes de parar para escrever este post eu publiquei um reels/tiktok mostrando um pouco da minha rotina de escrita matinal que, confesso, é um pouco extensa. Passo cerca de 20/30min escrevendo. E não, não é todo santo dia, afinal tenho uma bebê que acorda em horários... únicos.


Mas esse é justamente o ponto das rotinas. Elas não precisam ser feitas todos os dias, elas precisam ser feitas com consistência. Elas são a base, o ponto de partida ao qual retornamos quando as coisas saem dos eixos.


"Eu não tenho tempo para fazer uma rotina matinal de 30 minutos, tenho que levantar, dar café para as crianças e sair correndo de casa para levar todo mundo para a escola e ir trabalhar."


Minha filha, eu sei o que você passa. Eu entendo bem porque, por mais que não esteja exatamente aonde você está, já estive em situação semelhante, e sempre dei um jeito de fazer algo por mim logo de manhã, nem que fosse apenas tomar meu café pensando na vida.

A questão é usar o tempo escasso da manhã com intenção, e não pegar o celular e ficar scrollando enquanto o café esfria.


Quando começamos a manhã fazendo algo por nós, com intenção, tendemos a melhorar o nosso humor, a lidar com mais tranquilidade com as adversidades que, inevitavelmente, o dia trará. Claro que dedicar um período logo cedo para fazer algo específico requer planejamento e certo sacrifício. Mas sacrifício é abdicar de algo bom (sono) por algo MELHOR.


Minha rotina matinal ideal


Rotina é algo que está em constante mudança e atualização, embora partes dela sejam as mesmas.


Em 2018 eu saída 5h50 da manhã de casa, meu emprego era terrível, odiava cada segundo. As únicas duas coisas que me mantinham sã era ioga e meditação. Na época eu estava no último semestre da faculdade, então chegava em casa perto das 23h junto com meu esposo. Qual o tempo tinha pra mim? Apenas 15, no máximo 20 minutos ao acordar.


Colocava o despertador para 5h, porque deus me free de acordar antes das 5h, me arrastava para fora da cama, estendia meu tapete de ioga no quarto mesmo e ainda de pijama, e fazia ioga. Era a melhor parte do meu dia.


De lá pra cá muita coisa mudou muitas vezes. Já tive mais tempo para fazer uma rotina matinal de 2h, hoje com a Cléo não tenho tantas expectativas assim (risos).


Atualmente

Atualmente tenho uma rotina matinal ideal de 1h apenas pra mim e 1-1h30 para trabalhos importantes e não urgentes.


No mundo ideal, quando a Cléo dorme a noite toda (ou acorda apenas 1x e volta a dormir rápido), quando não tenho insônia e quando a [rotina noturna] foi feita no horário certo (algo extremamente importante para conseguirmos uma rotina matinal de sucesso), minha rotina matinal consiste em:


10min Acordar, escovar os dentes, lavar o rosto

10min Fazer café e encher a garrafa d'água

10min Dar um jeito na casa (dança dos cômodos)

30min Escrever (gratidão e intenção para o dia, morning pages)

2min Ler (o diário estoico)

2min Incenso pela casa

1h (ou o quanto der) Estudo (ler, curso online)

1h (ou o quanto der) Criar conteúdo (escrever, gravar, editar)


Aqui a chave é "o quanto der". Hoje eu inverti a ordem, não estudei e estou escrevendo. A Cléo acabou de acordar, escrevi por 30minutos (este post), e não vou estudar. Mas está tudo bem. Foquei no que era prioridade neste momento.


Conclusão


Eu sei que acordar mais cedo é um pé no saco. Eu também gosto de dormir. Mas, assim como a gente nunca se arrepende de ir à academia, a gente nunca se arrepende de sair da cama no horário que escolhemos com a mente livre de sono.




8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

コメント


bottom of page